• Memórias sertanistas: Cem anos de indigenismo no Brasil

    Felipe Milanez

    Edições Sesc SP

    Livro digital

    Surgido no bojo do encontro Memórias Sertanistas: Cem anos de indigenismo no Brasil, realizado em 2010, no Teatro Sesc Anchieta, este livro narra as experiências dos principais sertanistas brasileiros. Oriundos de diferentes regiões do país, eles vivenciaram um importante período da história nacional, marcado pela expansão econômica para o oeste e pelo processo de criação de meios para proteger os povos indígenas. Sem os sertanistas os confrontos com a sociedade ocidental que ocorreram no último século teriam sido ainda mais atrozes. Na linha de frente desses conflitos, cabia a eles a difícil tarefa de proteger os índios do próprio Estado para o qual trabalhavam e da mesma sociedade que representavam. O livro conta com depoimentos de Afonso Alves da Cruz, Altair Algayer, Fiorello Parise, Jair Condor, José Carlos Meirelles, José Porfírio, Marcelo dos Santos, Odenir Pinto, Sydney Possuelo, Wellington Figueiredo, além dos representantes indígenas Afukaka Kuikuro e Paulo Supretaprã Xavante e o ensaio da antropóloga Betty Mindlin.
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 424
    Peso do arquivo 11,58 MB
    Ano da publicação 2015

    Sinopse

    Surgido no bojo do encontro Memórias Sertanistas: Cem anos de indigenismo no Brasil, realizado em 2010, no Teatro Sesc Anchieta, este livro narra as experiências dos principais sertanistas brasileiros. Oriundos de diferentes regiões do país, eles vivenciaram um importante período da história nacional, marcado pela expansão econômica para o oeste e pelo processo de criação de meios para proteger os povos indígenas. Sem os sertanistas os confrontos com a sociedade ocidental que ocorreram no último século teriam sido ainda mais atrozes. Na linha de frente desses conflitos, cabia a eles a difícil tarefa de proteger os índios do próprio Estado para o qual trabalhavam e da mesma sociedade que representavam. O livro conta com depoimentos de Afonso Alves da Cruz, Altair Algayer, Fiorello Parise, Jair Condor, José Carlos Meirelles, José Porfírio, Marcelo dos Santos, Odenir Pinto, Sydney Possuelo, Wellington Figueiredo, além dos representantes indígenas Afukaka Kuikuro e Paulo Supretaprã Xavante e o ensaio da antropóloga Betty Mindlin.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Felipe Milanez
    • Tradutor(a)
    • Gênero Antropologia
    • Editora Edições Sesc SP
    • Páginas 424
    • Ano 2015
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9788569298311
    • Peso do arquivo 11,58 MB